29 jul. 2011

Pequenas vitórias cotidianas

Minhas borboletinhas, o apoio de vocês têm sido fundamental pra que eu consiga seguir em frente. As mensagens de carinho, a solidariedade e o ato de compartilhar histórias comigo me ajudou muito nessas últimas horas. Muito obrigada por fazerem parte da minha vida! Ontem eu tinha me controlado todo o dia, mas de noite tive uma compulsão e jaquei. Minha mãe tinha tido uma crise de choro muito grande por causa da morte da cadelinha e tava muito pra baixo. Eu fiquei nervosa e aí já viu, né? Descontei o sentimento na comida. Mas, como eu tinha passado o dia com sopa, chá e Activia, e tinha tomado laxante, acho que o estrago nem foi tão grande. Acabei comendo pra minha mãe não ficar ainda mais triste e fiz pipoca pra ela se animar um pouco. Fui dormir com um super peso na consciência, e não consegui miar porque ia fazer muito barulho! Pela manhã eu tive que voltar na clínica pra extornar o valor do cartão, que havia sido cobrado a mais, e a minha cadelinha não usou nem metade dos serviços, e foi aqueeeele xororô. Depois ainda fui doar as coisinhas dela e chorei mais ainda. Nossa, foi horrível! Pior que não quero ficar triste dentro de casa pra minha mãe não ficar pior, então chorei um monte na rua. Decidimos então ir ao shopping, eu, minha mãe, meu pai e minha vó pra distrair um pouco a cabeça. Afinal, ficar dentro de casa é horrível nessas horas. Tudo faz lembrar dela! Saímos e eu me comportei como uma verdadeira Ana. Estou super orgulhosa de mim. Além de ter feito minhas duas corridinhas de 30 minutos hoje, eu consegui almoçar uma barrinha de cereal light em meio a uma praça de alimentação e com meus pais e minha vó comendo na minha frente! Haja resistência! Levei umas balinhas de algas marinhas, que eu usava antes e são maravilhosas. Essas da foto aí embaixo! Elas contém agar-agar e são laxativas, melhor dizendo, ajudam na digestão e tem poucas calorias!


Então apenas tomei um suco de abacaxi sem açúcar enquanto eles comiam pastel (Isso já no lanche da tarde, já que passamos o dia inteiro no shopping) e estou tomando chá verde, chá branco, chá de sene e chá de gengibre ao longo do dia! Agora vai Brasil!!! Além do mais, depois de correr pela manhã, chego em casa e tomo meio copinho daquele de tequila de limão puro expremido, sem açúcar e sem água, puro! Vamos que vamos! Hoje que Deus e a Ana me ajudem a não ter uma compulsão, mas eu acredito que não vai rolar. Minha mãe me deu de presente um relógio liiiindo hoje lá no shopping e a vendedora teve que tirar todos os aros possíveis pra que coubesse no meu pulso! Tá super apertadinho, ou seja, eu sei que se não me policiar, meu relógio lindo não caberá em mim, assim que : controle! Estou mais feliz e tranquila. A dor da perda vai amenizando e a sensação de conseguir ter a Ana de volta é mais gratificante que qualquer sabor. Força pra vocês meus amores! Um beijinho no coração!

16 comentarios:

  1. Uau, maravilha!!!Que bom que se animou ^^ As lembranças vão ficar, mas vc vai seguir em frente gata *_*
    Bejuh ♥
    Tenha um fim de semana maravilhoso!!!

    ResponderEliminar
  2. Poxa vou ver se acho essa balinha por aqui...qdo começo a ler sobre sua cachorrinha me da vontade de chorar pq tenho meu menino o Dhody que é como um filho pra mim.
    Enfim vc ta de parabénsssss, bom final de semana, tem selinho no blog passa lá.

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Parabéns flor pela determinação, e com certeza a saudade vai ficar mas a dor com o tempo passa. Beijo.

    ResponderEliminar
  4. que bom que as coisas estão melhorando,vai dar tudo certo,força,bjoos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  5. Oi, o detox que vou fazer é para melhorar a saúde e não para emagrecer. pode vir a ser uma consequencia, mas procuro bem-estar. vai ser de 10 dias a comer só fruta todo o dia e salada ao jantar. bj

    ResponderEliminar
  6. Ai florzinha..que triste sua cachorra morreu?
    É tão triste quando isso acontece..
    Acho que se minha cachorra morrer,ou uma das minhas gatas,tbm n sei oq vou fazer..
    Fica bem tá flor...só n desconte na comida..
    Que depois só vai ser pior!

    ResponderEliminar
  7. Não desconte a tristeza na comida pois a culpa que vem depois é horrível. Não é ótimo ter a ana conosco?
    Vou postar daqui a pouco explicando meu sumiço, beijos!

    ResponderEliminar
  8. que bom que aos poucos está conseguindo superar a falta da sua cadelinha.
    Muita força para vc meu amor!
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Oi querida, a gente se apega muito mesmo as nossos animais de estimaçao nao é,eles acabam que se tornam parte da familia!Torço pra que você supere essa perda logo!Esses dias estava pensando em comprar agar-agar mais fiquei em duvida se seria bom mesmo,você indica ?Beijos querida,muita força e controle!

    ResponderEliminar
  10. ah flor pena que não vou achar essas balinhas aki se cuida viu? te adoro muito, to te apoiando aqui parabéns por resitir

    ResponderEliminar
  11. Continue determinada linda,se você continuar assim,você será leve igual a uma borboleta!Olha , uma coisa boa que você pode fazer p/ "tentar" superar essa dor que vc sente (que eu tbm senti) é se lembrar dos momentos felizes que você passou com ela... Pensa bem, onde quer que ela esteja, você acha que ela ia gostar de te ver assim? Triste? Chorando? Com toda certeza não!. Pensa assim também, foi melhor ela ter partido do que ela ficar sofrendo aqui na terra,você não ia gostar disso, não é? resta a nós que ficamos somente a saudade. Agora dê um sorriso e siga em frente! Aposto que ela quer te ver feliz e sorrindo! Não é fácil, eu sei, mais você consegue!.
    Beijão lindona!,sorte aí.

    ResponderEliminar
  12. Linda, AMEI seu blog! Estou te seguindo.
    Força. s2

    ResponderEliminar
  13. Parabéns pelo comportamento na praça de alimentação, teria sido muuuito fácil aproveitar e usar a saída como desculpa pra se empanturrar. ;)

    Todas as vezes em que eu perdi um animalzinho querido sofri muito, muito mesmo, inclusive fui xingada pela minha mãe e pelas minhas tias, que diziam que era só mais um bicho, mas eles são tão... Enfim...

    Abraços!

    ResponderEliminar
  14. eu sei que vc é forte,se apoia em nos e na ana,to te seguindo

    ResponderEliminar
  15. A história do seu relógio me faz lembrar que comprei uma calça apertada, bem coladinha, na frouxa ideia de que me serviria para o resto da vida. Bem, eu engordei, agora espero entrar nela novamente.

    Força! Porque nós podemos chegar lá. Temos a mesma meta. Divido um blog com uma amiga, o que tem ajudado muito, além de ler as conquistas de outras Aninhas por aí. *-*

    ResponderEliminar
  16. nossa, você é guerreira; 1 barrinha light em meio à praça de alimentação! o.o
    parabéns!

    ResponderEliminar

Incentivos são sempre bem vindos!